Alguém segure os Minions

Engraçado e inovador os Minions conquistaram o mundo com seu linguajar indeterminado e jeitinho sempre positivo para todos os momentos. Enfiados em macacões alá década de 80, os amarelinhos vieram como coadjuvantes no filme Meu Malvado Favorito, e não demorou muito para roubar a cena a ponto de estrelar o seu próprio filme.

minions-poster

De larvas marinhas, os dedicados ajudantes de vilões evoluíram ao decorrer do tempo, tomando a forma terrestre da qual ficaram conhecidos. Na Terra, os Minions se viram frente à vilania e se apaixonaram por ela. Ao passar a servir diversas personalidades, como os Dinossauros e o Drácula, por exemplo, os Minions traziam para seus superiores uma série de problemas. Com isso, resolveram colonizar uma caverna de gelo, onde se tornariam uma sociedade amarela.

minions-filme

Séculos mais tarde, ao viver saudavelmente e alegremente, longe de confusões e vilania, os Minions passaram a se sentir incompletos, como se não houvesse um propósito na sua existência terráquea. Desta forma, um bravo Minion, Kevin, se pôs a enfrentar o mundo e arranjar – finalmente – o vilão ideal para seguir, e acompanhado de Bob e Stuart, o Minion colocou os pés na estrada e começou a jornada de busca.

Em pouco tempo, os três se depararam com a vilã perfeita, uma das maiores e mais admiradas do mundo: Scarlet. Para conquistar a confiança de sua nova chefe, eles teriam de lhe dar o que ela mais queria na vida: a coroa da rainha da Inglaterra. Não apenas o objeto, mas a simbologia também, ou seja, se tornar rainha. Entre uma atrapalhada e outra, os Minions se veem sob um mal entendido com a nova chefe, que acredita que os três a traiu. Assim, os Minions precisam desfazer o mal entendido, se safar das perseguições da maior vilã do mundo e achar um novo chefe para preencher o vazio de sua comunidade.

minions-sandra-bullock-2

O filme conta com algo que eu adoro e que é difícil de se encontrar em filmes infantis: ele brinca com a história real da humanidade, incluindo este toque de fantástico. A gente se sente vivendo aquilo com mais conformidade. Além de fazer um acato histórico interessantíssimo. A única vez que vi um roteiro especial, como este, foi em As Aventuras de Peabody e Sherman. Além disso, as piadas que envolvem as personagens são bem dosadas quanto à idades. Os menores irão rir das baboseiras, os mais crescidos irão rir dos duplos sentidos.

minions-a

Fico pensando como seria a continuação, já que o filme tem um fechamento perfeito e sem grandes prosseguimentos. Sem Spoiler!

Para Minions, dou minhas quatro xícaras bem recheadas de risadas.

Xícara de avaliação QUATRO

Um café e uma pipoca, por favor.
Guilherme Morais

FACEBOOKhttps://www.facebook.com/guilherme.morais.564
TWITTER:  https://twitter.com/umcafeparadois
INSTAGRAMhttps://instagram.com/mr.gmorais/

foto padrão GUILHERME 3

 

Anúncios