Se Eu Ficar tente não chorar

Começo a coluna informando: Se você for ao cinema a espera da cena – provavelmente emocionante – em que a música Say Something, que encantou multidões com o trailer, toca esqueça, sério, tire isso da cabeça já! Ela simplesmente não existe dentro do longa (nem nos créditos).

O filme inspirado no livro de Gayle Forman que estreou na quinta-feira (04/09), está movimentando multidões ao cinema e causando comparações com o famoso “A Culpa é das Estrelas” – filme que não gostei muito, enfim. Mas as comparações são dispensáveis, ambos contam história de amor adolescente, mas seguem por vertentes bem diferentes.

se-eu-ficar.jpg.1000x1353_q85_crop

Confesso que fui ao cinema esperando A e encontrei B, mas este “B” me convenceu, me pareceu mais maduro. O tal “A” contava uma história baseada na menina presa ao submundo acompanhando a história de tentativa de sobrevivência de sua família com muita angústia. A real história não é muito diferente, mas o hospital e as cenas feitas nele ficam mais como segundo plano.

A história se passa em dois tempos, um é pós/durante acidente, ela está presa em seu plano indefinido vendo o fim que se dá à si e seus entes, outro é antes disso, aonde realmente conta a história de quem ela é, como eram e de onde vieram. A construção é muito bem feita e dentro deste contexto surge o amor imaturo dos personagens principais, Mia, a tocadora de violoncelo madura que ama música clássica, e Adam, o vocalista e guitarrista de uma banda de Rock que aos poucos ganha espaço no mundo dos famosos.

Mia é uma menina doce e muito acima da sua idade em pensamentos – foi o que me ganhou no filme -, ela diz o que pensa com firmeza e não faz rodeios, ela realmente não parece ter dezessete anos, já Adam é o tipo de garoto explosivo, egoísta, mas não menos romântico, eles têm o fervor de um amor adolescente e a calmaria de um amor idoso ao mesmo tempo. É algo realmente bonito, sem mimis ou coisas típicas de garotas que escrevem o nome do amado no caderno.

if-I-ghost

A relação de Mia com seus pais é outra coisa a se admirar, os caras são loucos, roqueiros desde sempre, modernos e fazem de tudo para os seus filhos. Não posso entrar em grandes detalhes, o spoiller mataria a emoção do contexto, mas são muito lindas as confissões feitas durante a inércia da garota.

Vamos à parte técnica: O texto é ótimo, sem dúvidas. Algo me incomodou durante o filme, enquanto a garota estava “invisível“para os outros, eles desviavam dela, o fato dela não atravessar paredes e tudo mais é fantástico, mas as pessoas se contorcem ao passar pela menina para não esbarrar na atriz, o que tirou um pouco da credibilidade das cenas, mas nada demais.

A trilha é fofa, há uma cena em especial que uma versão cover linda de Halo da Beyoncé começa, a versão é linda, mas se fosse cantada pela voz potente da cantora original seria mais vibrante.

Chlöe Grace Moretz (Mia) têm inúmeras cenas de drama fantásticas, mas a atriz não chora, não me leve a mal, ela é maravilhosa em todo o filme, mas nas cenas ápices não cai lágrimas e não parece um sofrimento tão eloquente quanto seria comigo se aquilo fosse real, por exemplo. Chlöe vamos ter umas aulas com Juliana Paes, obrigado!

maya-filho-gopal600

(Maya entregando seu filho Niraj para Gopal em “Caminho das Índias” e depois cai aos prantos no silêncio sozinho, é uma das melhores cenas que a atriz protagonizou e infelizmente não achei em lugar algum, mas quem assistiu sabe do que estou falando)

Em geral o filme é daqueles que vale a pena o dinheiro da entrada, é realmente emocionante e dá um tchauzinho de cima para as estrelas de John Green. Ouvi pessoas darem gritinhos de choro – achei exagero, mas um exagero quase compreensível. Por isso aqui vão minhas três xícaras e meia de pura emoção para o filme “Se Eu Ficar“.

Xícara de avaliação TRES E MEIA

_DSC1290.NEF

Mais uma coisa! Algo posso lhes garantir: A continuação, já confirmada, “Para Onde Ela Foi” tem muito pano para as mangas de Mia e Adam ainda.

_DSC0387.NEF

Um café e uma pipoca, por favor.
Guilherme Morais

FACEBOOKhttps://www.facebook.com/guilherme.morais.564
TWITTERhttps://twitter.com/Gui_Morais_
INSTAGRAMhttp://instagram.com/guilhermemoraisg

foto padrão GUILHERME

Anúncios