3 Anos sem Amy Winehouse

No último dia 23 de Julho, completou-se 3 anos da morte de uma grande cantora da história da música. Com uma personalidade forte, a imagem da cantora foi sempre regada de vícios e polêmicas de sua vida pessoal. Vamos relembrar alguns momentos marcantes  e polêmicos da história da cantora, pois a carreira de Amy Winehouse não se fez apenas de gin flores.

amy-winehouse

 Agressões de Amy Winehouse

Um dos episódios mais marcantes ocorreu em 2008, quando uma tentou apalpar os seios da cantora no meio de um show e ela não gostou muito. Resultado: Amy desceu o braço sem dó.

 

Um ano depois Amy foi condenada a dois anos de prisão em liberdade condicional. Ela teria agredido o gerente de um teatro durante a peça “Cinderela“, no fim de 2009. Segundo tabloides ingleses, ela gritou obscenidades durante o espetáculo. Cinco meses antes, foi absolvida em outro caso. Ela era acusada de agredir uma fã que queria fotografá-la em um show beneficente.

 Sem festa e sem filme

Em setembro de 2008, Amy Winehouse não compareceu à própria festa de aniversario e deixou convidados ilustres como Adele, e seus familiares esperando. Um mês antes, a cantora foi dispensada das gravações da trilha sonora do filme “007 – Quantum Of Solace“, de James Bond. Os produtores do longa não esperaram a cantora se recuperar para gravar a música tema.

Ainda em 2008, o tablóide “The Sun” publicou um vídeo onde supostamente a cantora estaria usando crack e cocaína. Que Amy tinha problemas com drogas isso todo mundo sabia e era recorrente ver a estrela entrando e saindo de clínicas de reabilitação sem nenhum resultado satisfatório.

 

Choro no palco 

Amy chorou compulsivamente e foi aplaudida pela plateia quando cantou “Love is a losing game” no Rock in Rio Lisboa, em maio de 2008. A cena foi repetida em outros festivais. No Rock in Rio Madri, dois meses depois, apareceu quase sem voz. Em agosto, cancelou show no festival Rock en Seine, em Paris. Disse que “ficou doente em sua casa e sem poder viajar à França para o concerto”.

Passagem pelo Brasil 

A turnê brasileira em janeiro foi sua primeira depois de meses longe dos palcos, tentando se reerguer do abuso de drogas e álcool. Os shows em Florianópolis, Rio de Janeiro, Recife e São Paulo foram curtos, tímidos e com momentos constrangedores, como quando esqueceu letras ou saiu do palco. Ela foi fotografada com os seios à mostra na sacada de um hotel no Rio.

 

Amy Winehouse Galeria

A última rehab 

Amy foi vista pela última vez saindo de uma clínica de reabilitação no começo de junho de 2011. Ela deixou a clínica Priory, em Londres, com objetivo de continuar seu tratamento durante os shows.

Mas também nem só de polêmicas se fez a trajetória de Amy Winehouse. A diva era talentosa e competente, morreu aos 27 anos, deixando um legado inquestionável para tão pouco tempo na música, se tornando uma das mais influentes artistas de sua geração.

52491_amy-winehouse_bryan-adams06

Beijos e até a próxima dose de cafeína musical!
Cleiton Marcondes

foto padrão - Cópia

Anúncios