D e l í r i o !

Era uma vez um divo, que em meio aos tormentos que uma vida qualquer lhe fornece, se isola, para um momento seu – sozinho. Aonde através de alguns goles no café mágico, de fumaça estranhamente colorida, este melancólico divo se revela. E por meio de si, se envolve e se descobre!

_MG_0025-2

Em um delírio noturno, o nosso tão desamado divo, passa a se desmembrar e fazer com que suas próprias personalidades (sim, eram várias, qual ser humano consegue viver fixo à uma única personalidade? Me parece… Chato), habitadas dentro de si, libertem-se, em uma única dança tranquila e alucinada, normal e louco, simples e exagerada, brincalhona e séria.

_MG_0059-7

Pronto para amar o mundo a sua volta, colorindo o cimento que lhe esgotava as ideias, expandindo as paredes que lhe espremiam os neurônios e quebrando portas e janelas, que lhe abafavam o coração.

_MG_0318-6

 Com as ideias soltas e mais maluco do que nunca (ainda bem, ser normal neste mundo de hoje lhe traria sérias consequências depressivas), o divo passa a amar, a se amar. E permitir que seus mil eus se revelem sempre que quiserem!

_MG_0080-4 _MG_0224-7

Do cinza ao azul, do preto ao amarelo… Sua vida foi se colorindo… Enlouquecendo. Não terminarei com “e viveu feliz para sempre”, pois – apesar de louco – ele ainda vive no mundo real!

Um conto, foi uma forma menos formal para explicar o ensaio que ilustrou as alucinações de uma festa tributo aos delírios! (A segunda festa do blog) Que teve como referência a psicodelia!

Espero que gostem do tema, do photoshoot e aos que forem na festa: Espero que delirem! O ensaio completo será disponibilizado na nossa fanpage oficial: https://www.facebook.com/DivoCafeina

Photoshoot: Guilherme Morais.

Modelos: Otávio Nogueira, André Anelli, Luan Macarini, Bruno Garcia e Iraquitan Fagundes.

Produção fashionista: Natan Priuli.

Uma xícara de café, e algumas doses de delírio, por favor.
Guilherme Morais

Anúncios